Assinar: conteúdo | comentários

Dálmata

Os Dálmatas são cães bastante inteligentes que conseguem nos transmitir os seus desejos com expressões corporais e latidos. Normalmente dão-se bem com outros animais, havendo sempre algumas exceções.

Origem: Dalmácia, República da Croácia.

Nome de Origem: Dalmatinac

Utilização: Companhia.

 Histórico

 A origem do Dálmata é ainda obscura e baseada em suposições. Através de ilustrações descobertas nos túmulos dos antigos Faraós e através de pinturas, no período entre os séculos 16 e 18, pode-se supor que o dálmata tenha existido há alguns milhares de anos. Crônicas bíblicas de igrejas do século 14 e do ano de 1719 sugerem, inquestionavelmente, que a raça seja originária da região Mediterrânea e especialmente nas cercanias da costa da Dalmácia.

 A mais recente ilustração da raça pode ser encontrada nos quadros de pintores italianos do século XVI e em um afresco em Zaostrog (Dalmácia) que pode estar datado do ano de 1710 aproximadamente.

Um trabalho feito por Thomas Bewick, publicado em 1792, contém uma descrição e o desenho de um dálmata, ao qual Bewick se refere como “O Dálmata ou cão de carruagem”.

 O primeiro padrão da raça Dálmata foi escrito por um inglês chamado Vero Shaw em 1882; em 1890 este padrão foi transcrito para o padrão oficial da raça.

Foto: Dreamstime

  Aspecto geral

Um cão cujas manchas numulares (pequenas e redondas) constituem um traço característico. O Dálmata é bem proporcionado, forte, musculoso e ativo. De linhas harmoniosas, sem ser grosseiro, nem rústico. Um cão elegante, boa presença, podendo fazer prova de muita resistência e de movimentação ágil.

Macho: Altura Máxima – 61 cm / Altura Mínima – 58,5 cm

Fêmea: Altura Máxima – 58,5 cm / Altura Mínima – 56 cm

Peso: machos: 27 a 32 quilos aproximadamente. Fêmeas: 24 a 29 quilos aproximadamente.

Temperamento

Os Dálmatas são cães bastante inteligentes que nos conseguem transmitir os seus desejos com expressões corporais e latidos.

Normalmente dão-se bem com outros animais, havendo sempre algumas excepções.

É normalmente um cão amistoso e calmo mas atenção que por de trás das pintas e de um aspecto amigável por vezes podem ser cães que não dão muita confiança a estranhos sendo por isso também um bom guarda.

 Cuidados

É um cão resistente e que se adapta bem a qualquer temperatura mas por vezes são submissos a problemas de pele e pelo, tendo de andar bem vigiados nesse sentido. Uma escovagem por semana é o necessário já que o seu pelo é forte e curto. Outro dos problemas é a surdez, esta raça é bastante afectada com esta doença, e atenção se pussuir um cão com esta patologia, nunca o surpreenda sem que ele se aperceba da sua presença ja que se pode assustar e reagir mal. É um cão que necessita da fazer bastantes exercícios físicos diários para poder gastar toda a sua energia.

Pelagem: os pelos sãocurtos duros densos, lisos e brilhantes.

 Cor

A cor de fundo é o branco puro. Variedade de pintas pretas, com manchas pretas; variedade com pintas cor de fígado, com manchas marrons. Essas manchas não podem misturar-se, são redondas, bem definidas e tão bem distribuídas quanto possível. Tamanho de 2 cm a 3 cm de diâmetro. As manchas da cabeça, cauda e extremidades devem ser menores do que as do tronco.

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.