Assinar: conteúdo | comentários

Coton de Tulear

Coton de Tulear é alegre, estável, muito sociável com humanos e outros cães; adapta-se perfeitamente a qualquer modo de vida. O temperamento do Coton de tuléar é sua principal característica rácica.

Origem: Madagascar

 Nome de Origem: Coton de Tuléar

Utilização: Companhia

  Histórico

O Coton de Tulear é originário da ilha de Madagascar, da costa da África no Oceano Índico. O nome da raça deriva da palavra francesa coton, que significa algodão, e do porto malgaxe de Tulear. Tulear foi outrora um porto popular de navios mercantes que navegavam o Oceano Índico e acreditava-se que em torno do século XV ou XVI, os mercadores europeus introduziram vários cães de companhia do tipo bichon em Madagascar. É possível que essa raça evoluiu do cruzamento desses distorcidos bichons. Presume-se que por causa de sua beleza e personalidade afetuosa, esses cães foram oferecidos ao Rei e ao nobres malagaxes. No século XVII o coton de Tuléar foi adotado pelo governo da monarquia tribal “Merina” e foi proibido que qualquer plebeu possuísse essa raça. Assim se originou o título da raça “Cão Real de Madagascar”. O coton de Tulear foi reconhecido pelo UKC em 1 de janeiro de 1996.

Aspectos gerais

Pequeno cão de companhia, de pelos longos, com uma textura de algodão, com vivazes olhos redondos e escuros de expressão inteligente.
Proporções

* A altura na cernelha em relação ao comprimento do tronco é de 2:3.

* O comprimento da cabeça em relação ao do tronco é de 2:5.

* O comprimento do crânio em relação ao do focinho é de 9:5.

Macho: Altura Máxima – 28 cm /Altura Mínima – 26 cm / Altura Ideal – tolerância de 2 cm acima e um cm abaixo.

Fêmea: Altura Máxima – 25 cm / Altura Mínima – 23 cm / Altura Ideal – Tolerância de 2 cm acima e um cm abaixo.

Comprimento – A altura na cernelha em relação ao comprimento do tronco é de 2:3

Peso: Machos de 4 à 6 quilos. Fêmeas de 3,5 a 5 quilos.

Temperamento

Alegre, estável, muito sociável com humanos e outros cães; adapta-se perfeitamente a qualquer modo de vida. O temperamento do Coton de Tulear é sua principal característica rácica.

Pele: fina, bem ajustada (esticada) por todo o corpo; embora rósea, pode ser pigmentada.

Pelagem: muito fofa e macia, com textura de algodão, jamais dura ou áspera, a pelagem é densa, profusa e pode ser ligeiramente ondulada.

Cor: de fundo branca. Algumas ligeiras nuanças de cinza claro (mistura de pelos brancos e pretos) ou ruão avermelhado (mistura de branco com pelos fulvos), são permitidas nas orelhas. Nas outras partes do corpo, como sombreado pode ser tolerado, se não alterarem o aspecto geral da pelagem branca. Contudo não são almejados.

Fonte: Bruno Tausz

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.