Assinar: conteúdo | comentários

Aidi, cão do Atlas

Muito confiável, afeiçoado e dócil com seu dono e membros da família, o cão do atlas revela um notável e inerente comportamento de proteção. Sempre alerta instintivamente avalia a gravidade e a proximidade do perigo.

Padrão FCI: n° 247 / 05 de maio de 2003 / BR;

Origem: Marrocos

Nome de Origem: Chien de Montagne de l’Atlas – Aïdi

Utilização: Boiadeiro, guarda e defesa.

Histórico

O Aidi, cão do Atlas existe desde tempos imemoriais nas montanhas e nos platôs do norte da África. Hoje ele pode ser encontrado em grande número nas montanhas do Atlas do Marrocos, o país que detém o padrão da raça.

O cão do Atlas é estreitamente relacionado com as populações de pastores semi-nômades das regiões montanhosas e tem nitidamente o papel de defender as tendas e pertences de seus donos tanto quanto proteger os rebanhos do possível ataque de predadores selvagens.

Não existem cães pastores na região do Atlas. O cão marroquino, que habita nossas montanhas, jamais protegeram rebanhos no sentido europeu da palavra (pastor de ovelhas).

Aspectos gerais

Compacto, audacioso, notável por sua potência e mobilidade, bem musculado, resistente, fortemente construído sem ser desajeitado, possuindo uma espessa e cerrada pelagem que o protege tanto do calor quanto do frio das montanhas nativas.

Essa lã fornece uma armadura protetora nas sua lutas que o atlas tem que empreender contra chacais e outros predadores. Ele possui um olhar indiscutivelmente penetrante, fixo, atento sempre pronto a cumprir seu papel de guardião.

Em algumas regiões do Marrocos é costume amputar as orelhas e mesmo a cauda dos cães de trabalho.

Macho: Altura Máxima – 62 cm / Altura Mínima – 52 cm

Fêmea: Altura Máxima – 62 cm /Altura Mínima – 52 cm

Temperamento

Muito confiável, afeiçoado e dócil com seu dono e membros da família, o cão do atlas revela um notável e inerente comportamento de proteção.

Sempre alerta instintivamente avalia a gravidade e a proximidade do perigo e, corajosamente, oferece uma resposta eficiente e apropriada.

Pele

Flexível e resistente

Pelagem

Pelo: grosso, preferencialmente áspero, comprimento médio, cerca de 6 cm ou mais, na face e orelhas onde é curto e mais refinado.

No pescoço e sob a garganta, forma uma juba especialmente nos machos. Os Culotes e cauda são revestidos com pelos muito longos e bem fartos.

Cor

As cores da pelagem são muito variadas.

* Fulvo: da cor areia esmaecida ao vermelho profundo. Essas pelagem podem ser tigradas, com cobertura preta ou portando um manto de qualquer azul. Este manto pode ser bem amplo.

* Marrom: do bege ao marrom escuro. Os tons mais claros podem ter mantos de tom marrom mais escuro.

* Preto.

Todas essas pelagem podem ter pontos com branco. Os pontos podem ir de poucas e discretas marcas até a completa cobertura (pelagem branca).

Os lábios e trufa devem ser sempre fortemente pigmentados de preto ou marrom (dependendo da cor da pelagem).
Arlequins, azuis e isabelas não são aceitáveis.

Peso

Pesa cerca de 20 a 25 kg.

Fonte: Bruno Tausz

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.