Assinar: conteúdo | comentários

Pastor Belga

Pastor Belga é um cão vigilante e ativo, transborda energia e está sempre pronto para a ação. Ele possui preciosas qualidades de melhor cão de guarda de propriedade, é um obstinado e ardente defensor de seu dono.

Origem: Bélgica

Nome de Origem: Chien de Berger Belge

Utilização: Pastoreio.

Histórico

No final do ano de 1800, existia na Bélgica um grande número de cães condutores de rebanhos cujo tipo era heterogêneo e a pelagem de extrema diversidade. Com a finalidade de organizar, cinófilos apaixonados constituíram um grupo e se deixaram esclarecer pelo professor A. Reul, da Escola de Medicina Veterinária de Cureghem, considerado o verdadeiro pioneiro e fundador da raça.

Entre 1891 e 1897 a raça nasceu oficialmente. Em 29 de setembro de 1891 foi fundado, em Bruxelas, o “Clube do Cão de Pastor Belga” e ainda, no mesmo ano, em 15 de novembro, o professor A. Reul organizou em Cureghem uma reunião de 117 cães, o que permitiu efetuar um recenseamento e escolher os melhores exemplares. Nos anos seguintes, começou uma verdadeira seleção, praticando uma extrema consanguinidade sobre alguns reprodutores.

Em 3 de abril 1892, um primeiro padrão, bem detalhado, da raça foi redigido pelo Clube do Cão de Pastor Belga. Uma só raça foi admitida, com 3 variedades de pelos. Todavia, nessa época, poucas pessoas tinham um Pastor Belga, portanto, era uma raça que ainda não tinha prestígio. Por consequência, foi somente em 1901 que os primeiros Pastores Belgas foram registrados no livro de Origens da Société Royale de Saint-Hubert (L.O.S.H.).

Durante os anos seguintes, os dirigentes da cinofilia pastoreira belga trabalharam com tenacidade para unificar o tipo e corrigir os defeitos. Pode-se dizer que em 1910 o tipo e o caráter do Pastor Belga tinham sido fixados. Durante a história do Pastor Belga, a questão das diversas variedades e das cores admitidas deram lugar a muitas controvérsias. Por outro lado, no que concerne à morfologia, ao caráter e à aptidão para o trabalho, nunca houve desacordo.

Aspectos gerais

Macho: Altura Máxima – 66 cm / Altura Mínima – 60 cm / Altura Ideal – 62 cm

Fêmea: Altura Máxima – 62 cm / Altura Mínima – 56 cm / Altura Ideal – 58 cm

Peso: machos – entre 25 e 30 kg. Fêmeas: entre 20 e 25 kg.

Pele: elástica, mas bem ajustada ao corpo; borda dos lábios e das pálpebras bem pigmentadas.

Pelagem

Uma vez que a pelagem varia em comprimento, direção, aspecto e cor entre os exemplares raça pastores belga, esse item em particular foi adotado como critério para distinguir as quatro variedades da raça: groenendael, tervueren, malinois e laekenois.

Essas quatro variedades são julgadas separadamente e podem obter, cada uma, uma premiação de CAC, de CACIB ou reserva deles.

Em todas as variedades, o pelo deve ser sempre denso, assentado e de boa textura, formando com o subpelo lanoso uma excelente capa protetora.

* Pelo longo: curto sobre a cabeça, na face externa das orelhas e na parte inferior dos membros, exceto na borda posterior do antebraço que é guarnecida do cotovelo ao carpo por pelos longos em franjas. O pelo é longo e liso sobre o restante do corpo e mais longo e abundante ao redor do pescoço e no antepeito, onde ele forma um colar e uma juba. A entrada do canal auditivo é protegida por pelos espessos. Os pelos, a partir da base das orelhas, são eriçados e emolduram a cabeça. A face posterior das coxas é guarnecida pelos muito longos e abundantes, formando culotes. Na cauda os pelos longos e abundantes formando culotes ou calções.

* Pelo curto: o pelo é muito curto sobre a cabeça, na face externa das orelhas e na parte inferior dos membros. É curto sobre o tronco e mais abundante na cauda e ao redor do pescoço, onde forma uma juba que nasce na base das orelhas, estendendo-se até a garganta. A face posterior das coxas também é franjada por pelos mais longos. A cauda é eriçada, mas não forma penacho. Os malinois são de pelo curto.

* pelo duro: o que caracteriza, sobretudo, o pelo duro é a rusticidade e a secura da pelagem, que, além disso, é também áspero e desgrenhado. O comprimento do pelo no corpo é de 6 cm em todas as partes. É mais curto sobre a cana nasal, na testa e nos membros. Ao redor dos olhos e ao redor do focinho, os pelos não devem ser tão desenvolvidos a ponto de mascarar o formato da cabeça. A existência da guarnição do focinho é, todavia, essencial. A cauda não deve formar penacho. Os laekenois são de pelo duro.

Cor: máscara: nos tervueren e malinois, a máscara deve ser muito pronunciada e tender a englobar os lábios superiores e inferiores, a comissura labial e as pálpebras em uma só zona preta. Foi definido um mínimo de 6 pontos de pigmentação necessários: as duas orelhas, as duas pálpebras superiores e os dois lábios, superior e inferior, que devem ser pretos.

Encarvoado: para os tervueren e os malinois, encarvoado significa que os pelos têm uma extremidade preta, que sombreia a cor de base. Esse preto é de qualquer maneira em forma de “chama”, e não pode estar presente nem em grandes placas, nem em verdadeiras listras (tigrado). Nos laekenois, o encarvoado é mais discretamente apresentado.

Fonte: Bruno Tausz

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.