Assinar: conteúdo | comentários

Lhasa Apso

Lhasa Apso é alegre e autoconfiante. Alerta, estável, mas um tanto reservado, com estranhos, os primeiros Lhasas que chegaram ao ocidente foram levados do Tibete em 1920 por ingleses que visitaram a região.

Nome de Origem: Lhasa Apso

Utilização: Companhia.

História

Surgido no Tibete, esse pequeno cachorrinho vem caindo no gosto das pessoas de todo mundo! O interessante é que o Lhasa é exatamente um cão tibetano, com todas as características dos cães daquela região.

O Tibete esta situado num planalto, com altitude aproximada de 4.000 metros, rodeado ao sul e ao leste pelo Himalaia e ao norte pelo Kunlun Shan (um monte de 7.500 metros). O clima é árido e frio, variando de vegetação rasteira a um verdadeiro deserto, tendo poucas áreas agrícolas somente nas regiões de vale.

Os primeiros Lhasas que chegaram ao ocidente foram levados do Tibete em 1920 por ingleses que visitaram a região. Em 1930 eles foram levados pela primeira vez aos Estados Unidos.

Observando o Lhasa e as características do Tibete, entende-se que apesar de ser um cãozinho lindo, o Lhasa foi desenvolvido muito mais para se adaptar bem a sua região do que pela sua beleza. A região onde este pequeno cachorrinho surgiu é uma das regiões menos hospitaleiras do planeta. A atmosfera é tão rarefeita devido à altitude, e o oxigênio é tão escasso, que algumas pessoas podem desenvolver edemas pulmonares e até morrer se não forem levadas a baixas altitudes.

O povo do Tibete sempre teve de cães a seu lado, cães grandes e médios para guarda, caça e pastoreio e cães pequenos para companhia e para servir de alarme nas tendas. Entretanto, os tibetanos sempre viveram uma vida muito difícil, podendo dar muito pouco para seus animais, com isso, os cães que não se adaptavam a vida que tinham, acabavam morrendo, restando somente os que sobreviviam as doenças e parasitas e que estavam melhor adaptados ao clima difícil da região.

A primeira necessidade dos animais dessa região é ser capaz de manter o calor, para isso, o animal deve ter seu corpo formado por músculos e gordura com muito pouca massa óssea. Sua superfície deve ser menor e sua massa o maior possível, corpo compacto com patas curtas. E devem ter um bom isolamento térmico, através de gordura e pelagem. Devem também se proteger da radiação solar, por isso a pelagem espessa e ter uma superfície pulmonar extensa, para facilitar a absorção de oxigênio, escasso na região.

Além disso, devido ao terreno muito acidentado tem uma grande impulsão, que os permite saltar grandes alturas. Seu corpo é muito mais forte do que rápido, podendo andar, subir e saltar com muito mais facilidade do que correr.

Temperamento: Alegre e autoconfiante. Alerta, estável, mas um tanto reservado, com estranhos.

Pelagem: externa longa, pesada, reta, áspera, nem lanosa nem sedosa. Subpelo moderado.

Cor: dourado, areia, mel, grisalho escuro, ardósia, esfumado, particolor, preto, branco ou castanho. Todas as cores são igualmente aceitáveis.

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.