Assinar: conteúdo | comentários

Kuvasz

Kuvasz é fiel, confiável e ama seu dono e tudo que o cerca. Necessita de bastante exercício e deve ser mantido ocupado. É condescendente e pouco exigente. De fácil manejo e pode suportar as mais severas condições climáticas.

Origem: Hungria

Nome de Origem: Kuvasz

Utilização: Pastoreio.

Histórico

Trata-se de um pastor húngaro conhecido nesse território desde a Antiguidade. Seus antepassados chegaram com a ocupação dos Magyares na bacia de Carpathian. Eles utilizavam esses cães para a guarda e defesa de seus rebanhos contra animais de rapina e ladrões. Devido ao seu instinto caçador, foi o cão de caça preferido na época do Rei Matthias Corvinus. A partir do declínio dos pastoreios, tem sido muito menos usado para suas obrigações originais e foi localizado primeiramente nas aldeias e mais tarde nas cidades.

Aspectos gerais

Os cães desta raça são fortes, grandes e têm uma pelagem densa, ondulada e branca. Sua aparência agradável irradia nobreza e força. Todas as partes estão em harmonia com os membros de comprimento médio. A estrutura óssea é poderosa, sem ser grosseira. A musculatura é forte e delgada e as articulações revelam contornos bem delineados. Visto de perfil, o corpo forma um retângulo prono, quase um quadrado. Bem musculoso, apresenta uma construção forte, temperamento agradável e grande agilidade. Sua aparência denota uma infatigável habilidade para o trabalho.  

Altura

Macho: Altura Máxima – 76 cm / Altura Mínima – 71 cm / Altura Ideal – Padrão não comenta.

Fêmea: Altura Máxima – 70 cm / Altura Mínima – 66 cm

Peso: machos de 48 a 62 quilos. Fêmeas de 37 a 50 quilos.

Temperamento

O Kuvasz é determinado e destemido. Defende pessoas e propriedades confiadas aos seus cuidados, até mesmo com a própria vida. É autoconfiante e, se for maltratado, pode ficar agressivo. É fiel, confiável e ama seu dono e tudo que o cerca. Necessita de bastante exercício e deve ser mantido ocupado. É condescendente e pouco exigente. De fácil manejo e pode suportar as mais severas condições climáticas. Ele aprecia qualquer amor e carinho oferecido.

Pele: bem pigmentada; de cor cinza ardósia e firme.

Pelagem: o pelo é moderadamente duro, ondulado, ligeiramente rígido, sem tendência a emaranhar. Sob a pelagem um subpelo mais felpudo. A cabeça, as orelhas e as patas são revestidas por pelos curtos (1 a 2 cm), densos e lisos. A face anterior e as laterais dos membros anteriores, como também nos membros posteriores, da região do joelho para baixo, são revestidas por pelos igualmente curtos (1 a 2 cm) e retos. Na face caudal dos posteriores franjas de 5 a 8 cm de comprimento, que alcançam os jarretes. Ao redor do pescoço, uma juba natural que se estende até o peito, mais notada nos machos. No tronco, coxas e braços, o comprimento da pelagem é médio (4 a 12 cm), ricamente ondulada, formando cristas, sulcos e mechas. A cauda é revestida em toda sua extensão por uma pelagem densa e ondulada, podendo atingir 10 a 15 cm.

Cor: branca. O marfim é permitido. A trufa, a borda dos olhos e os lábios são pretos. As almofadas são pretas ou cinza ardósia. Uma cor escura é desejada para o palato, porém manchas rosadas são permitidas.

Fonte: Bruno Tausz

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.