Assinar: conteúdo | comentários

Guia de Vacinas

  Tabela para Cães:

Desde o momento em que adquirimos um cachorro, devemos estar ciente dos cuidados de que eles necessitam para sobreviverem. É imprescindível, portanto, buscar informações sobre as doenças típicas de cada um, bem como as vacinas essenciais para preveni-las.

Não existe um programa único de vacinação, pois o veterinário é que determina o período mais propício para o animal, podendo variar, inclusive, nos casos entre macho e fêmea. Além disso, o profissional pode solicitar uma vacina extra conforme a incidência ou não da doença na região.

Porém não se assuste, não é um bicho de sete cabeças manter o controle sobre o calendário de vacinação de seu pet. Confira quais são as vacinas obrigatórias, na verdade tidas como as ideais, as opcionais, para que servem e o período apropriado para cada uma na vida de seu animalzinho.

 

45- 60 dias 75- 90 dias 105- 120 dias 5 meses semestral anual
Polivalente* X X X X
Giardia X X X
Gripe Canina X X
Leptospirose** X
Raiva X X

*Previne as seguintes doenças: Cinomose, Parvovirose, Coronavirose Canina, Leptospirose e Hepatite. Deve ser feita após a desvermifugação do animal.

** Apesar da vacina Polivalente preveni-la, essa dose extra deve ser aplicada no cão que habita locais de grande incidência da doença. Seu reforço deve ser deito a cada 6 meses, visto que o anticorpo tem curta duração, tornando-se nulo de 3 a 9 meses após a dose.

Por que seu cão deve ser vacinado por um médico veterinário?

Porque somente o médico veterinário está capacitado para:

  1. Planejar o programa de vacinação adequado a cada cão;
  2. Realizar um exame clínico completo antes da vacinação;
  3. Não vacinar cães doentes ou debilitados;
  4. Recomendar, quando necessário, um programa de vermifugação adequado;
  5. Utilizar vacinas de boa qualidade e boa procedência, conservadas de modo correto;
  6. Não prescrever ou utilizar medicamentos que possam interferir na vacinação;
  7. Utilizar seringas e agulhas estéreis e boas técnicas de assepsia, evitando contaminações;
  8. Conhecer as vias corretas de aplicação;
  9. Emitir atestados de vacinação com valor legal para viagens ao exterior ou se o gato morder pessoas ou outros animais;
  10. Garantir o bom resultado da vacinação.

 

Tabela para Gatos:

Além dos cuidados diários que se deve ter com o gato em relação a sua alimentação e mantê-lo sempre hidratado, é imprescindível que todas as vacinas sejam feitas corretamente antes de começar a ter contato com outros animais. Em geral, os gatos são vacinados a partir da 6ª semana de vida, sendo necessária sua prévia desvermifugação.

 

Gatos
-de 42 a 60 dias
-1ª dose da vacina Múltipla*
-3 semanas após a 1ª dose -2ª dose da vacina Múltipla
de 4 a 6 meses
vacina anti-rábica**
Todas as vacinas necessitam de reforço anual

*A vacina Múltipla pode ser de três tipos e o veterinário a escolhe de acordo com a incidência de doenças na região e o tipo de vida do felino:

– Tríplice: previne a Panleucopenia felina, a Rinotraqueíte e a Calicivirose.

– Quádrupla: protege, além das doenças citadas acima, contra a Clamidiose.

– Quíntupla: Adiciona, além das já destacadas doenças, a proteção contra a Leucemia Felina. Essa vacina deve ser feita em mais uma dose, em média 3 semanas após a 2ª dose.

**A vacina anti-rábica também é obrigatória nos felinos e deve ser iniciada, em média, logo aos 5 meses de vida, seguido do reforço anual.

Por que seu gato deve ser vacinado por um médico veterinário?

Porque somente o médico veterinário está capacitado para:

  1. Planejar o programa de vacinação adequado a cada gato;
  2. Realizar um exame clínico completo antes da vacinação;
  3. Não vacinar gatos doentes ou debilitados;
  4. Recomendar, quando necessário, um programa de vermifugação adequado;
  5. Utilizar vacinas de boa qualidade e boa procedência, conservadas de modo correto;
  6. Não prescrever ou utilizar medicamentos que possam interferir na vacinação;
  7. Utilizar seringas e agulhas estéreis e boas técnicas de assepsia, evitando contaminações;
  8. Conhecer as vias corretas de aplicação;
  9. Emitir atestados de vacinação com valor legal para viagens ao exterior ou se o gato morder pessoas ou outros animais;
  10. Garantir o bom resultado da vacinação.

Onde vacinar:

Clínica Veterinária Bicho Grilo Pet Care
Endereço: Rua Eudoro Berlink, 633 – Auxiliadora, Porto Alegre/RS
Fones: 51 8130-7782 / 3392-4777

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.