Assinar: conteúdo | comentários

Golden Retriever

Golden Retriever é excelente para atividades físicas como o agility, que é uma das formas que os proprietários tiveram para uma maior integração com seus cães, que estão sempre prontos a agradar e obedecer.

Origem: Grã Bretanha

Nome de Origem: Golden Retriever

História

A seleção da raça teria sido iniciada pelo Lord Tweedmouth em Brighton no Sul da Inglaterra, por volta de 1835, que supostamente teria adquirido alguns cães de um circo russo que na ocasião eram 8 cães. Levou-os para a Escócia em sua propriedade que chama-se Guisachaar, o Lorde possuía o passatempo de caçar cervos, foram feitos acasalamentos com o Bloodhound para aperfeiçoar o olfato e diminuir o tamanho dos cães.

Essas são apenas suposições que se deparam com outra hipótese: o cruzamento com Tweed Water Spaniel, hoje uma raça extinta e os Wavy-Coats pretos e o Setter Irlandês. A linhagem desenvolvida na Escócia chamava-se Ilchester.

Ao longo dos anos outras linhagens foram desenvolvidas até que chegou-se ao Golden conhecido hoje.

O primeiro Golden chegado ao Brasil foi Patrick, que tinha o nome de registro: Eldorado of Gold Leaf, sua proprietária Sra. Yvette Tobião o comprou de um canil na Califórnia. A partir daí a raça começou a se introduzir no País por mais dois canis no Rio de Janeiro e, hoje, por todo o país. A raça foi reconhecida em 1911.

Tido hoje como ótimo cão de companhia para quem gosta de cães de porte grande, o Golden é assim, um companheiro fascinante.

O Golden Retriever é uma graça, muito dóceis, eles tem um ótimo comportamento e são muito agradáveis, além de serem muito manhosos são também muito confiáveis, seu melhor amigo.

dreamstimefree_1875787

Foto: Dreamstime

Macho: Altura Máxima – 61 cm / Altura Mínima – 56 cm / Altura Ideal – padrão não comenta.

Fêmea: Altura Máxima – 61 cm / Altura Mínima – 56 cm

Temperamento

Seu temperamento é calmo. É excelente para atividades físicas como o agility, que é uma das formas que os proprietários tiveram para uma maior integração com seus cães, que estão sempre prontos a agradar e obedecer. Por ter um excelente olfato é muito usado para farejar drogas e como guia de cegos. Por ser um cão de temperamento equilibrado acredita-se que possa ser criado, inclusive, em apartamentos apesar de ter porte grande. Também poderá ser criado para a terapia. É atencioso, companheiro, carinhoso, inteligente e fiel.

Pelagem: os pelos são chatos ou ondulados bem franjados, subpelos são densos e resistentes às intempéries.

Cor: qualquer nuança de dourado ou creme, nem ruivo nem mogno. São permitidos alguns pêlos brancos somente no antepeito.

Bem -estar

O golden retriever adapta-se bem a qualquer espaço inclusive apartamentos. É muito popular por ser dócil, amistoso com crianças, obediente e muito inteligente. É muito dócil com as crianças e com os seus donos. Bastante mimado não suporta a solidão durante muito tempo, se não habituado desde pequeno. Por vezes é preciso proteger o cão da criança de tão dócil que ele é! Adora comer, por isso convém ter cuidado para o cão não ficar obeso. Não apresenta quais quer sinais de agressividade e tolera muito bem outros animais. Bastante inteligente, aprende facilmente qualquer ordem. Precisa de ser ensinado desde pequeno para que não existam falhas em adulto.

Saúde

Como todo cão de caça o Golden é um cão resistente e como todo cão suscetível a alguns problemas como:

* Displasia coxofemural – detectada entre o 5º e 8º mês de idade, sempre antes dos 18 meses, cães com este problema não devem ser reproduzidos, evitando assim transtornos no futuro, e não colocando em risco a reputação do criador.

* Atrofia progressiva da retina – detectada entre o 4º e o 8º ano de vida, pode levar a cegueira total ou parcial do animal, podem ser feitos exames oftálmicos depois dos 24 meses para prevenção.

* Catarata e o Entrópio de pálpebras – pode aparecer à partir do 3º mês de idade.

* Piodermite – pode ser por inúmeros fatores; distúrbios metabólicos, deficiências imunológicas, descontrole endócrino ou por processos alérgicos.

Fontes: Bruno Tausz e Wikipedia

0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.