Assinar: conteúdo | comentários

Bons momentos ao lado dos pets

Comentários desativados em Bons momentos ao lado dos pets


944451_25507545 - 1

Aproveite seus momentos de folga e tire os pets da rotina. Eles podem ser importantes aliados nas caminhadas, brincadeiras e passeios em família. Confira algumas dicas da Comac (Comissão de Animais de Companhia do SINDAN), que atua em parceria com veterinários e especialistas do segmento, para os donos curtirem os momentos de folga e lazer junto dos seus animais.

Entre as opções de atividades esportivas que os bichinhos adoram está a caminhada. Prática que faz bem tanto para o animal quanto para seu tutor. Trata-se de um exercício físico excelente para a saúde do pet, sobretudo os que ficam em casas ou apartamentos por muito tempo. Porém é necessário que seja aplicado de forma gradual e de acordo com o porte físico deles, para não causar traumas com os passeios. É preciso começar devagar: na primeira semana andar apenas 5 minutos, duas vezes por semana. Na seguinte, acrescentar mais 3 minutos e mais um dia na semana. E assim aumentando a carga conforme o tipo físico do animal. Se é ativo, sedentário, gosta de andar, pular, ou de ficar tranquilo. Também se relaciona com o tamanho: grande, médio ou pequeno porte. Sempre respeitando o limite do pet e do seu proprietário.

Respeite os horários, evitando os picos de calor excessivo. O ideal é passear até às 10h e após às 16h. O asfalto quente e o sol escaldante podem fazer mal ao seu cão, causando queimaduras e desidratação. Vale a pena consultar seu veterinário a respeito do filtro solar, se seu cão é albino ou de cor clara.

Em se tratando de brincadeiras, a lista de atividades que eles adoram e que os tutores também podem se divertir é grande. Cães e gatos adoram o pega-pega, mas cada um tem uma maneira de brincar. Os felinos ficam fascinados em tentar pegar um pedaço de barbante ou corda que o dono rasteja perto deles. Já os cães gostam de buscar um objeto atirado pelo seu dono e trazê-lo de volta. Também é um ótimo exercício para ensinar o cachorro a trazer os objetos que se deseja. Outra brincadeira que pode ser usada neste momento é o cabo de guerra. Alguns cães amam este desafio de tentar puxar algo que está preso. Típica da infância, o esconde-esconde também faz sucesso entre os pets.

Com o gato, basta o tutor se esconder em algum lugar e depois aparecer rapidamente, para que ele veja onde seu dono está. As crianças costumam adorar essa brincadeira em parceria com o bichano. Com os cães é um pouco diferente, o dono se esconde com um petisco favorito, tenta aparecer rapidamente, ou faz algum barulho pequeno para atiçar a atenção do animal. Também pode aproveitar o momento para educá-lo a partir do petisco, não dando o alimento caso o cachorro faça algo errado durante a brincadeira, e recompensando um comportamento positivo. A mais simples de todas é correr pelo quintal ou pelo parque chamando o animal, para que ele corra atrás e, quando alcança seu dono, seja recompensado com um petisco ou carinhos. “Dois fatores importantes são estipular quais objetos podem ser usados nas brincadeiras e quando as brincadeiras começam e devem terminar. Pois definindo esse limite, o tutor mostra ao animal que está no controle da situação,” segundo a Dra. Ceres Faraco, veterinária parceira da Comac.

Fonte: Petmag

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.