Assinar: conteúdo | comentários

Alimentação controlada ajuda a evitar a obesidade

Comentários desativados em Alimentação controlada ajuda a evitar a obesidade


1396636_45420271

Seu cachorro mal dá uma volta no quarteirão e já fica cansado? Sua gata tem uma barriga tão grande que parece que está prenha? Esses são sinais de que seu bicho pode estar obeso.

Camila Guernelly, especialista em endocrinologia animal, explica como reconhecer um bicho que passou dos limites da “fofura” e corre risco de saúde.

Confira o que realmente engorda:

* Comer ração ou petisco em excesso (ou, pior, comida humana, como carnes, pães e bolachas);

* Ter predisposição genética ou problemas comuns à raça;

* Não fazer caminhadas diariamente;

* Passar muitas horas sozinho e entediado;

* Ter sido castrado (comum em fêmeas, mas também acontece com machos).

 Evite a obesidade:

* Compre uma ração de qualidade. Você pode gastar mais nela, mas economizará em veterinário no futuro;

*Ofereça petiscos só de vez em quando e em pequenas quantidades;

* Prefira dar ao bicho ossinhos de couro em vez de petiscos calóricos;

* Dê a quantidade de ração indicada na embalagem;

* Leve-o para passear ao menos 10 minutos por dia;

* Dê sempre água fresca.

 Ração light ou normal?

Primeiro, faça uma reeducação alimentar com ração de controle da obesidade. Quando seu gato ou cachorro voltar ao peso ideal, use ração de manutenção, que pode ser light ou normal. “As rações light têm baixo teor de gordura, mas as específicas para obesidade são melhores para ajudar o animal a emagrecer”, garante Camila.

Fonte: MdeMulher

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.