Assinar: conteúdo | comentários

Gatos: passeio de coleira

Comentários desativados em Gatos: passeio de coleira


563612_34329553

Para muitas pessoas o fato de os gatos serem animais extremamente territoriais, ou seja, que gostam de ter controle sobre o ambiente em que estão, dificulta que o dono tenha uma vida social com seu bichano fora de casa.

Engana-se quem pensa assim: é possível, sim, passear em parques e interagir com as pessoas junto com o gato. O segredo? Treino. Como os gatos são animais curiosos, o prazer do passeio não será apenas do seu dono, pois o animal, com uma liberdade controlada, poderá exercer dentro dos limites adequados seus instintos de explorar locais, buscar esconderijos e caçar insetos.

Como treinar o gato para passear

* Coloque o peitoral bem firme e a guia no gato e faça-o ficar com estes acessórios dentro de casa enquanto come ou brinca;

* Aumente gradualmente o tempo de uso do peitoral e guia dentro de casa;

* Acostume o gato a gostar de sua caixa de transporte, e considerá-la um refúgio deixando-a em locais da casa que ele goste de ficar e colocando dentro dela petiscos gostosos;

* Leve o gato com peitoral, guia, caixa de transporte, petiscos e brinquedos para um ambiente desconhecido e fechado, como a casa de um parente ou amigo;

* Ao chegar ao novo local fechado, abra a porta da caixa de transporte para que o bichano sinta o desejo de sair explorar o novo ambiente, mas respeite se ele desejar ficar dentro da caixa;

* Faça repetidas vezes o passeio para o mesmo novo local fechado até que o gato se acostume com as características do ambiente, mantendo sempre a caixa de transporte à disposição;

* Observe o comportamento do seu gato e avalie se ele está receptivo a fazer suas atividades normais e explorar novidades do ambiente diferente.

Depois de fazer este treino, o dono, observando a disposição do animal diante de um ambiente diferente do de sua casa, pode refazer os quatro últimos passos em um local aberto. Porém, neste caso, é essencial NUNCA SOLTAR A GUIA DO GATO e EVITAR SITUAÇÕES DE CONFLITO COM CÃES – pegando o gato no colo quando um cachorro aparecer.

É importante ressaltar que mesmo que a reação no primeiro passeio para o local fechado tenha sido positiva, o animal não será imediatamente receptivo ao local aberto. O dono deve ser paciente com o processo de adaptação que cada novo ambiente exigirá e evitar muitas mudanças de lugares de passeio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.