Assinar: conteúdo | comentários

Dicas para contratar um passeador de cães

Comentários desativados em Dicas para contratar um passeador de cães


300148_3563

Quem nunca viu uma pessoa passeando com vários cães em uma manhã de congestionamento pela cidade? Essa situação que muitos de nós já vimos várias vezes é um hábito que tem crescido no país devido à praticidade em contratar um profissional capacitado que pode passear todos os dias com o seu amado cão que não está em casa sozinho graças a sua iniciativa.

Ao entregar o animal ao passeador de cães o que esperamos é que ele faça um passeio pelo bairro e volte para casa a salvo, sem desvios de comportamento, maus tratos e com cara de que quer ir de novo amanhã, não é mesmo? Esse é o resultado que esperamos das empresas e profissionais que lidam diariamente com uma quantia considerável de cães pelas ruas.

Devido à falta de tempo, o período excessivo de trabalho, a procura pelo serviço tem despertado cada vez mais o interesse em contratar profissionais que cuidem da diversão do nosso animal durante a semana.

Eles são conhecidos como condutor de cães, dog walkers ou passeadores de cães, você escolhe. Mas, a verdadeira resposta para esta escolha está comprovada no comportamento dos cães que tem contribuído visivelmente a forma como eles recepcionam visitas em casa e até a melhora na sua qualidade de vida e condicionamento físico.

Antes de contratar um passeador, pergunte aos seus vizinhos se algum deles já contratou algum profissional e como foi a experiência. Pergunte também se eles indicam a empresa ou pessoa que já negociaram ou continuam contratando. O valor para os passeios está entre R$100 e R$300, mas pode variar de acordo com o horário do passeio, se serão feitos em grupo ou individualmente (estes são mais caros) e se serão de segunda a sexta-feira ou aos finais de semana. Pesquise e compare preços e opções do serviço de ao menos três profissionais diferentes antes de bater o martelo.

Após a contratação, o profissional irá até a sua casa para a primeira visita, é neste momento que eles irão se conhecer e o passeador irá identificar qual o melhor roteiro a seguir com o cão e qual a frequência ideal para passeios.

Normalmente, o período de socialização entre o passeador e cão é feito de forma bem tranquila e sozinhos. Durante o primeiro passeio com duração de uma hora, o passeador irá identificar algumas características do cão e qual a turma de cães ele se adaptará melhor. No segundo passeio ele irá com os demais cães, no máximo quatro por profissional, sempre andando pela guia e nunca soltos por questões de segurança.

Nunca contratou um dog walker para passear com o seu cão e quer experimentar está alternativa? Então aproveite, o mercado tem empresas e profissionais capacitados que oferecem muito conforto para você e para o seu animal. Avalie todas as condições de contratação e converse bastante para entender como será feito o passeio e vá trabalhar, porque o seu cão não vê hora de passear pelas ruas do seu bairro!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.