Assinar: conteúdo | comentários

A boa convivência entre felinos

Comentários desativados em A boa convivência entre felinos


56809_1275

Identificar quando um gato não está feliz com a convivência com outro animal da mesma espécie é uma tarefa difícil, já que os gatos não costumam fazer estardalhaços para mostrar sua insatisfação ao dono.

Um gato demonstra estar desgostoso com a presença de outro tendo um comportamento depressivo, se tornando menos ativo e por vezes reduzindo até o uso da caixa de areia e a frequência da alimentação – o que pode ser prejudicial à saúde; ou sendo agressivo com o outro gato, brigando por espaço com chiados, patadas e unhadas.

Para assegurar a tranquilidade na convivência entre gatos é necessário que o dono forneça a eles uma infraestrutura que evite o conflito e torne possível a amizade entre os animais.

Liberdade para circular e se esconder

Os gatos quando convivem uns com os outros têm necessidade de estar a maior parte do tempo a uma distância de um a três metros do outro ou sem ser absolutamente visto.

Ter espaço para circular e como se esconder dos outros felinos é importante, pois deixa todos eles mais confiantes para brincar, criar seus próprios desafios exploratórios e se abrigar em um cantinho, quando sentirem a necessidade de não serem encontrados.

O espaço para abrigar dois ou mais gatos deve promover esta liberdade sendo estimulante com estruturas que possibilitem os animais observar o ambiente do alto ou ficar fora do campo de visão dos demais.

Sem monopólio de água, comida e banheiro

Para evitar que um gato se sinta acanhado para beber, comer ou usar a caixa de areia quando o outro gato mais dominante o observa, o dono deve fornecer potes de água e comida e caixa de areia em mais de um local, posicionando estes itens a uma certa distância dos outros, impedindo que o gato dominante monopolize com sua presença toda a infraestrutura que atende as necessidades básicas.

O pouco uso da caixa de areia pode causar problemas, por isso é fundamental que esta esteja sempre limpa e longe dos potes de comida e de água e do lugar onde dormem. Esta medida tanto estimula o uso pela higiene adequada, quanto pelo fato de que desta forma um gato nunca se sentirá impedido de usar um recurso porque o outro está usando um outro recurso muito próximo.

Os donos de mais de um gato devem se manter atentos às rotinas dos felinos e manter o cuidado, levando-os ao veterinário para o diagnóstico e prevenção de doenças e análise se não há alguma alteração por estresse. O bom cuidado do dono e a promoção da paz são as melhores táticas para boa convivência entre felinos e o possível desenvolvimento natural de uma amizade entre eles.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.