Assinar: conteúdo | comentários

Brincadeiras para entreter os cães

Comentários desativados em Brincadeiras para entreter os cães


Cocker-cp

Cachorros precisam gastar suas energias físicas e mentais para que não sofram com estresse por tédio e depressão – apresentando comportamentos compulsivos e destrutivos, ou desenvolvam sedentarismo e outras doenças.

Donos que mantêm seus cães ocupados impedem que seus animais destruam objetos, machuquem pessoas ou se automutilem, pois os cachorros precisam de reforços positivos de comportamento – ou seja, precisam de ações repetidas que mostrem quais são as melhores ações para o seu próprio bem estar e boa convivência com humanos e outros animais.

Cão ocupado: obrigação indispensável

Uma das grandes dificuldades que leva os cães a se comportarem mal é o fato de os donos não considerarem a necessidade de atividade de seu companheiro em certos momentos, seja por cansaço ou por desejo de se dedicar a outro aspecto de sua vida. Porém ter um animal é uma grande responsabilidade, que deve ser encarada como uma obrigação que não pode ser negligenciada.

É possível administrar bem a demanda de ocupação do cachorro com o descanso do dono ou seu desejo de fazer algo sem seu animal – como trabalhar, ver um filme, namorar ou dar atenção a uma visita. Para tal, basta criar atividades que o animal possa desempenhar sozinho e ocupe-o de modo a entretê-lo e deixá-lo alegre.

Entretenimento desacompanhado antiestresse para cães

* Caça ao petisco: Esconder petiscos pela casa e estimular o cão a procurá-los é uma boa iniciativa para ocupar o animal sem necessidade de acompanhamento. É interessante que no início os esconderijos sejam fáceis de serem encontrados e, conforme a evolução da percepção do animal, estes tenham a localização dificultada. O dono deve apenas ter cuidado para não colocar petiscos em lugares que quer evitar que o cão se acostume a frequentar.

* Cão tamanduá: Fazer furos nas laterais de uma garrafa pet vazia e enchê-la de ração é uma forma de manter o cão em atividade sozinho, pois este gastará tempo buscando alcançar o alimento dentro da garrafa como um tamanduá fuçando uma toca. Assim como na caça ao petisco a atividade deve ser fácil no início e dificultada aos poucos, de acordo com o aprendizado do cachorro.

* Roer, rasgar e destruir: Dar itens mastigáveis é um ótimo desafio para os cães que gostam de destruir coisas. Existem diversos brinquedos, como ossos de couro, que podem ser aliados desta atividade, mas também é possível proporcioná-la dando ao cão garrafas pet para morder ou coco verde para despedaçar. Outra ideia é embalar petiscos em papel para que o cão rasgue. O dono deve ter cuidado apenas para que o item mastigável não seja tóxico nem cause obstrução se for engolido.

Ser compreensivo e observar que tipo de comportamento o animal desenvolve na tentativa de se livrar do tédio é uma boa maneira de saber que tipo de atividades desenvolver para direcioná-lo para boas ações sem necessidade de repressão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.