Assinar: conteúdo | comentários

Cães velhinhos necessitam de alimentação especial

Comentários desativados em Cães velhinhos necessitam de alimentação especial


Os avanços da medicina veterinária e a maior conscientização dos donos a respeito da saúde dos pets aumentaram sua expectativa de vida. E, assim como as pessoas, os cães também precisam mudar sua dieta alimentar com o passar dos anos.

Cachorros entram na chamada maturidade por volta dos 7 anos e são considerados idosos com aproximadamente 11 anos de idade, dependendo de seu porte.

Alguns sinais, como o aparecimento de pelos brancos, são aparentes, mas outros, como perda de massa muscular e comprometimento do sistema imunológico, não são perceptíveis. Além disso, com o passar dos anos, pets ficam mais suscetíveis à obesidade, artrite e têm, com mais frequência, problemas intestinais e dentários.

Menos atividade, menos calorias

Cães idosos necessitam de alimentação menos calórica, porque já não são tão ativos como antes, e seu metabolismo torna-se mais lento. No entanto, é preciso fornecer uma quantidade de proteínas suficiente para ajudar na conservação da massa muscular. Por isso, é preciso evitar alimentos específicos para cães idosos que contenham níveis reduzidos de proteína.

Ômega 6

Esse ácido graxo auxilia a manutenção da saúde da pele e dos pelos do animal e, embora seja produzido pelos cães, com a idade avançada, o nível do ômega 6 tende a diminuir. Introduza esse item na dieta de seu amigo com a orientação do veterinário.

Vitamina E e betacaroteno

Para ajudar a eliminar os radicais livres, que degeneram os tecidos do corpo do animal, o ideal é dar alimentos ricos nesses antioxidantes; eles ainda contribuem para a maior eficácia do sistema imunológico e, portanto, não deixará seu cão vulnerável a doenças.

Mudança lenta e gradual

Durante um período, que pode variar entre 7 a 10 dias, apresente a nova ração ao seu amigo; 25% do total que ele consome devem ser preenchidos com essa comida nos dois primeiros dias. Aos poucos, vá aumentando a quantidade até chegar a 100%.

Exames periódicos ao veterinário

Cães idosos precisam ir com mais frequência ao médico para avaliar a presença ou o progresso de doenças crônicas. Assim, seu “velho” amigo terá uma vida melhor e, possivelmente, sem surpresas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.