Assinar: conteúdo | comentários

Banho sem problemas!

Comentários desativados em Banho sem problemas!


Apesar de parecer divertido para o dono dar banho em seu pet e, por vezes, divertido até mesmo para o animal, há uma série de cuidados antes de submeter o bichinho a uma boa chuveirada. O tamanho do pelo, a frequência com que ele sai de casa, o lugar que o animal vive (casa ou apartamento) e até o ciclo menstrual das cadelas devem ser levados em conta. Tudo isso para evitar que o animal desenvolva problemas mais graves como alergias, otites, resfriados, coceiras, mofo no pelo, entre outros.

Aparentemente simples, dar banho em um cão nem sempre é a atividade preferida para os donos de primeira viagem. Sem contar nos totós que fogem da água e sabão só de ouvirem falar em chuveiro. Pensando justamente nisso, o site americano Petplace listou uma série de dicas úteis para animais de todas as idades e tamanhos. Um dos pontos observados pelos especialistas é quanto ao tamanho do pelo. Recomenda-se maior atenção com raças de pelo muito fino e cumprido, como o Yorkshire. Nesses casos, utilizar óleo mineral para retirar a sujeira presa é uma boa alternativa para não estressar o animal.

Em estações mais quentes como o verão e primavera, também é importante lembrar que os banhos devem ser mais frequentes, para refrescar o calor, porém, a temperatura da água deve permanecer morna, nunca totalmente fria. Já em filhotes, o ideal é lavá-los depois de quatro semanas de vida, e evitar correntes de vento ou deixá-los expostos durante o banho. Isso porque seu sistema imunológico ainda é frágil, facilitando a permanência de algum vírus oportunista, por exemplo.

Deixar sempre à mão uma toalha grossa e macia, além de todos os utensílios para a higiene do pet, também é importante, para evitar que ele fique molhado por muito tempo, sem necessidade. Além da toalha, uma boa dica é utilizar um secador de cabelos em potência baixa, cuidando para não colocar o vento direto no focinho do bicho. Assim, é garantido que o pelo não fique úmido, podendo causar mofo e cheiro ruim

Na hora de desembaraçar os pelos, procure penteá-los no sentido do crescimento, sempre com cuidado, para não quebrá-los. Outro ponto importante é completar a higienização cortando as unhas e limpando as orelhas e os olhos do animal. Isso porque água no ouvido pode gerar incomodo e infecções, e resíduos do xampu e sabonete podem agredir a pele sensível dos pets. Por isso, é extremamente importante a utilização de produtos de qualidade e específicos para bichos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.