Assinar: conteúdo | comentários

Bigodes para correr, pular e brincar

Comentários desativados em Bigodes para correr, pular e brincar


A preocupação em manter os animais de estimação sempre limpos e tosados é muito importante, porém alguns cuidados, principalmente com os gatos, devem ser tomados. Ao contrário do que muita gente imagina, o bigode é sim um aliado dos bichanos, conforme explica o médico veterinário Dr. Marcelo Quinzani. “Jamais podemos tosar ou cortar os bigodes dos gatos, pois eles são essenciais para o seu bem-estar, equilíbrio, movimentação e orientação”, afirma.

Uma vez com bigodes danificados, os gatos podem ficar inseguros e ainda ter dificuldades para andar ou correr em linha reta. Se sentem desorientados, não conseguem andar no escuro e, em alguns casos, podem até cair. Saltar e subir em móveis, podem se tornar grandes desafios. Estudos apontam que a ausência do bigode nos gatos pode até ocasionar vômitos, talvez por desequilíbrio e ansiedade. “As terminações nervosas dos bigodes dos gatos são muito sensíveis ao toque e isso é muito importante para se guiarem no escuro. Quando há ausência dos bigodes, observarmos gatos com a face machucada devido às trombadas nos móveis e portas”, ressalta Dr. Marcelo.

Assim como os pelos, os bigodes voltam a crescer dentro de algumas semanas. Eles são feitos de queratina, o principal componente estrutural que compõe o cabelo e unhas dos humanos. “Os gatos também trocam de bigodes, assim como outros pelos do corpo. Por isso é comum encontrarmos alguns bigodes perdidos pela casa, mas fique atento, se começar a encontrar muitos deles, consulte um veterinário”, alerta o profissional, já que a queda de bigodes pode indicar uma deficiência de vitaminas ou dermatopatias, mesmo para gatos com bigodes quebrados ou mais curtos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.