Assinar: conteúdo | comentários

Saiba como escolher a coleira e a guia ideal para seu cão

Comentários desativados em Saiba como escolher a coleira e a guia ideal para seu cão


A coleira é a tira que vai presa no pescoço do bichinho. Já a guia é o conjunto de coleira e cordão ou corrente, usado para levar o bicho para passear. Antes de escolher o modelo, veja o que você deve levar em consideração:

Os tipos mais comuns de coleira:

* Peitoral de colete

Para: Cães grandes que precisam de tração.

Vantagem: Distribui melhor o peso do animal.

Desvantagem:Dificulta o adestramento porque torna os trancos e puxadas confortáveis para o bicho.

* Cabresto

Para: Cães com temperamento nervoso ou que possuem focinho longo.

Vantagem: Proporciona maior controle sobre o cachorro.

Desvantagem: É difícil acostumar o cão a usá-la. Ao tentar tirar a coleira, o bicho pode se machucar.

* Simples

Para: Todas as raças, menos as que possuem pescoço da largura da cabeça.

Vantagem: Por ser fixa, ao ser puxada, a coleira não enforca o cachorro.

Desvantagem: Não oferece ao dono o controle necessário durante um passeio

Enforcadora

Para: Levar qualquer cachorro para passear.

Vantagem: Distribui a pressão por todo o pescoço, evitando que o pet arraste o dono.

Importante: Não se esqueça de tirá-la na volta do passeio para que o cachorro não tente arrancá-la sozinho.

Para ter mais segurança nos passeios:

* Observe bem as costuras e verifique a qualidade do produto. “Vejo frequentemente coleiras arrebentando. Isso é perigoso para o animal e para quem está em volta”, alerta Alexandre Rossi, conhecido como“Dr. Pet”.

* Verifique se o material da guia é resistente. Confira também mosquetões, peças metálicas ou de náilon que prendem a coleira à guia.

* Antes de passear com o animal, dê trancos e force a guia e a coleira. Fique de olho especialmente nas junções das peças.

* Coleiras elásticas são reprovadas pelo Dr. Pet: “A gente perde o controle, o bicho puxa para todos os lados e fica difícil educar o cachorro com outra coleira depois”. Além disso, elas podem causar lesões na mão do dono e no próprio bicho de estimação.

E a focinheira?

Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina têm leis que obrigam cães de algumas raças grandes a usar focinheira ao andar na rua. Cumpra a lei para não tomar multa nem causar um acidente.

Fonte: MdeMulher

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.