Assinar: conteúdo | comentários

Saiba mais sobre o desmame de cães

Comentários desativados em Saiba mais sobre o desmame de cães


Foto: FreeDigitalPhotos.net

O desmame representa uma das mais importantes fases do período de crescimento de um cachorro. Isso porque a qualidade da dieta nesse processo é determinante para garantir que o animal atinja por completo seu potencial genético, tornando-se saudável e com um sistema imunológico fortalecido.

Mas como conduzir o processo de desmame de modo adequado? Em que momento o leite da mãe já não é mais suficiente para o filhote? O que oferecer ao cãozinho? Essas são as principais dúvidas que cercam os donos, especialmente os de primeira viagem.

“Antes da terceira semana de vida o filhote não está apto para ingerir alimentos sólidos, tanto pela constituição da musculatura intestinal, que ainda não está preparada para a passagem do alimento, quanto pelos dentes, já que a primeira dentição surge por volta dos 21 aos 35 dias de vida”, esclarece a veterinária Keila Regina de Godoy, da Premier Pet.

Desmame gradual

Segundo a médica, a partir da quarta semana de vida, apenas o leite já não fornece as calorias e os nutrientes necessários ao filhote. Inclusive, porque, nessa fase, ele se interessa mais pelo ambiente e torna-se mais ativo, necessitando de maior aporte energético.

Faz-se necessária, portanto, a introdução de alimentos específicos para o desmame, que deve ocorrer de forma gradual e contar com orientação de um veterinário. O desmame por si só já representa um fator de estresse para o cão, assim como a chegada em uma nova casa. Por isso, deve ser um processo cuidadoso.

Algumas situações, porém, podem exigir o desmame precoce, antes da quarta semana. “Ninhadas numerosas, pouca produção de leite, tratamentos cirúrgicos ou clínicos da fêmea que contraindiquem a amamentação. Nessas situações, é preciso realizar o manejo alimentar orientado e com produtos adequados que estão disponíveis no mercado”, informa a veterinária.

Leite de vaca

Um grande problema que acomete muitos filhotes no processo de desmame é a diarreia nutricional. Acontece quando, equivocadamente, o dono introduz o leite de vaca na intenção de complementar o leite materno. “Com o aumento da idade os filhotes começam a apresentar uma intolerância à lactose, pois a enzima responsável pela digestão do açúcar do leite, chamada lactase, passa por um declínio de atividade. Com isso, ocorrem cólicas, flatulência e diarreia”, explica a Dra. Keila.

Outro engano comum é diluir o leite de vaca antes de oferecer ao filhote para não dar diarreia. Segundo a veterinária, o leite da cadela é muito mais rico em proteínas e gorduras que o da vaca, de modo que a diluição, além de não resolver o problema da diarreia, ainda será nutricionalmente insuficiente.

Como alternativa para reforçar a amamentação a Premier Pet dispõe da Papinha Desmame, desenvolvida para filhotes a partir de três semanas até o início da alimentação sólida. O produto contém leite sem lactose, que garante sabor e mantém a saúde do intestino, além de ingredientes que promovem maior resistência a doenças, pele saudável, pelagem mais bonita e fortalecimento da flora intestinal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.