Assinar: conteúdo | comentários

Em um novo combate contra a cinomose

Comentários desativados em Em um novo combate contra a cinomose


A WSPA e a Merial Saúde Animal se unem, pelo quarto ano consecutivo, para realizarem a campanha “Cinomose Aqui Não”. A grande novidade desta edição é o tema UCC (União Contra a Cinomose), em alusão ao maior campeonato de MMA (do inglês Mixed Martial Arts, que significa Artes Marciais Mistas) do mundo, e o apoio dos irmãos lutadores Rodrigo “Minotauro” e Rogério “Minotouro”. Os dois lutadores também decidiram entrar neste combate que, há quatro anos, vem sendo bem-sucedido em todo o país.

Desde 2009, o laboratório destina 5% do total de doses de vacinas Recombitek® vendidas durante os meses de abril e maio em todo o território brasileiro para ONGs de proteção animal que ajudam milhares de cães – em sua maioria, vítimas do abandono e maus-tratos. A campanha, que já beneficiou mais de 20 mil animais, pretende não só imunizar os cães carentes, mas também conscientizar a população de que a vacinação é a melhor forma de erradicar definitivamente a cinomose.

“Cinomose Aqui Não” nas redes sociais

Devido ao sucesso da campanha no Facebook e Twitter em 2011, neste ano a ação seguirá fortemente  coma  divulgação nas redes sociais.

Assim como no ano passado, a cada 50 cliques no botão “Curtir” na página da campanha “Cinomose Aqui Não!”, uma dose de Recombitek® será doada à WSPA para distribuição entre organizações de proteção animal selecionadas para participar da campanha.

Além disso, ao curtirem a página “Cinomose Aqui Não”, os apoiadores também concorrem a diversos prêmios que serão oferecidos em promoções-relâmpago ao longo da campanha.

Vacinação é o caminho para prevenção e erradicação da doença

Leonardo Brandão, gerente de produto para Animais de Companhia da Merial, explicou a importância da conscientização sobre a necessidade da vacinação contra a doença, dada a sua dificuldade de tratamento:“A cinomose é uma doença muito séria e disseminada pelo País, que ainda não conta com medicamentos para tratamento. A alternativa mais eficaz é a vacinação. Por isso, é preciso que os proprietários vacinem seus cães, a fim de prevenir a doença”, completa.

Como ainda não existe uma vacinação pública contra a doença, a desinformação dos donos de cães leva a números alarmantes: no Brasil, a cada cinco cachorros, apenas um é regularmente vacinado contra a cinomose. Rosangela Ribeiro, Gerente de Programas Veterinários da WSPA no Brasil, afirma que a vacinação em massa é o caminho para a erradicação da doença. “Esta é uma campanha muito importante, visto que o tratamento da Cinomose é complexo e muitas vezes ineficaz. Foi através da vacinação em massa que países como os Estados Unidos erradicaram a Cinomose de seu território no passado”, conclui.

Fotos: WSPA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.