Assinar: conteúdo | comentários

Felinos: os incômodos do verão

Comentários desativados em Felinos: os incômodos do verão


Foto: Photo Rack

O calor intenso e abafado, além da presença de roupas mais curtas e leves pelas ruas são indícios de uma das estações mais adoradas, principalmente pelos brasileiros. O verão, no entanto, costuma incomodar alguns bichinhos, especialmente os gatos. Pulgas, temperaturas elevadas, alergias, bolas de pelo, entre outros fatores podem transformar o verão na estação mais infernal para seu bichano. Veja abaixo algumas dicas de como refrescar ou deixar seu pet mais tranquilo neste período.

Pulgas

Este pequeno inseto saltador adora o clima quente e úmido. E claro, uma pele macia com essas características para se alimentar e reproduzir. Alguns produtos como coleiras antipulgas e medicamentos podem oferecer uma boa proteção. A medicação costuma ser aplicada diretamente na pele do bichano, eliminando as pulgas existentes e prevenindo as possíveis infestações. O tempo de espera da reaplicação pode alterar de acordo com o local em que você e seu pet vivem, mas o ideal é sempre questionar o veterinário. E vale lembrar que esse tipo de medicamento não deve ser ministrado apenas para gatos que vivem fora de casa. Os que não saem também correm riscos, já que as pulgas podem entrar na residência por meio do sapato, das roupas, ou até do pelo de outros animais que vivem na rua.

Alergias

Fique de olho em alguns hábitos de seu felino. Se ele apresentar coceira excessiva, mordiscar a base da cauda, e a pele estiver vermelha e inflamada podem ser sinais de alergia (sempre consulte seu veterinário). Os principais causadores do coça coça? Pulgas e, acredite, pólen. No primeiro caso já passamos dicas no item acima. Já no segundo, o melhor a fazer é trocar o filtro do ar condicionado regularmente, lavar com frequência a caminha e os locais que o bicho costuma dormir, tirar pó, aspirar e manter seu gato sempre dentro de casa. Neste caso, seu veterinário pode até ministrar medicamentos, ou sugerir testes de alergia para tratar o problema.

Bolas de pelo

Sábia, a natureza costuma preparar os animais para o calor sufocante do verão. É neste período que acontece a troca de pelos. Os fininhos e macios (que protegem e esquentam) começam a cair para ceder lugar aos mais grossos, que ajudam a refrescar a pele durante a alta estação. E como gatos são conhecidos pela limpeza, pois costumam lamber-se constantemente, é comum apresentarem a indigesta bola de pelos. Uma boa maneira de prevenir é oferecer ao bichano fibras em barra e rações que auxiliam a eliminação do problema. Atualmente o mercado de pet disponibiliza uma gama de produtos para facilitar a saída dos pelos engolidos pelo gato.

Foto: Photo Rack

Doenças relacionadas ao calor

Acredite, problemas como insolação e desidratação também podem atacar seu pet. Por isso fique atento! Não se esqueça de seu bichinho quando tiver que se ausentar de casa por um longo período. Antes de deixá-lo sozinho, verifique se o animal tem água fresca, limpa e suficiente, além de um local confortável para descansar. No calor intenso, se você tiver possibilidade, mantenha o ar condicionado ligado, para deixar o ambiente fresco, principalmente nas fortes ondas de calor. Se não tem ar condicionado, tente um ventilador. Caso viaje com seu pet, verifique com a companhia aérea sobre a temperatura durante a viagem (algumas companhias proíbem a viagem de animais quando a temperatura é muito elevada, simplesmente porque o calor pode causar alguma doença ou até mesmo levar seu pet ao óbito).

Fogos de artifício

Fim de campeonatos esportivos, Natal, Ano Novo… muitas festas e comemorações costumam acontecer no decorrer do verão. Tudo é lindo, cintilante e terrivelmente barulhento. E esses ruídos podem deixar os gatos ansiosos, nervosos e ariscos, levando os bichinhos a sumirem. Portanto, ao final de um campeonato, festas e afins, mantenha as portas e janelas fechadas (principalmente se mora em prédio), durante a queima de fogos. Se possível, aumente o som da televisão ou do rádio, para “abafar” o ruído ensurdecedor dos rojões.

No geral, manter seu gato dentro de casa é a melhor maneira de prevenir eventuais problemas de saúde. Mas se não quiser impedir seu gato de tomar uma brisa fresca, ou os primeiros raios de sol do verão, pense em instalar telas de proteção nas janelas. Assim ele poderá curtir a vista e a brisa protegido e seguro dentro de casa.

Gato com calor

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0saves
If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribing to the RSS feed to have future articles delivered to your feed reader.

Comments are closed.